Busca

Contribuição Sindical

Clique aqui e imprima seu boleto para sua contribuição sindical
Contribuição Sindical
Banner

Fenafar

Banner
Banner
SINFAR-MT envia guia de Contribuição Sindical PDF Imprimir E-mail
Dom, 06 de Dezembro de 2009 17:58
O SINFAR-MT enviou a todos os farmacêuticos do Estado de Mato Grosso a Gruia para Recolhimento da Contribuição Sindical, que por Lei, é devida por todos os trabalhadores sem depender da Filiação à entidade, ou seja, todos devem contribuir. O Presidente do Sindicato, Dr. Alexandre Henrique Magalhães disse que atualmente essa contribuição é a única fonte de arrecadação da Entidade e que a mesma atravessa uma severa crise financeira. Por isso, Magalhães conclama a todos os Farmacêuticos que efetuem o pagamento do boleto enviado e apresentem uma cópia do mesmo quitado para a empresa que trabalhem para evitar novos descontos, visto que a empresa é obrigada por lei a descontar do trabalhador e repassar ao Sindicato. "Como no ano passado tivemos problemas com a arrecadação devido, principalmente ao não recolhimento por parte das empresas, não sendo informado o desconto ou não, este ano resolvemos enviar aos profissionais as guias, respeitando o valor, sendo este calculado na forma de um dia de trabalho levando em consideração o Salario Normativo da categoria. Por isso, é de fundamental importancia que ao pagar o boleto, o farmacêutico providencie uma cópia e entregue na empresa sob recibo para evitar novos descontos.", explica o Presidente. O Dr. Alexandre disse ainda que o Sindicato está estudando ações jurídicas em relação aos problemas ocorridos no ano passado nas arrecadações.

A Contribuição Sindical serve para auxiliar o Sindicato na manutenção das atividades da Entidade, visto que todas as ações desenvolvidas geram gastos e as vezes o Sindicato deixa de fazer mais ações em prol da categoria por falta de recursos.

O valor pago na Contribuição Sindical é assim dividido:

5% (cinco por cento) para a Confederação Nacional das Profissões Liberais;
15% (quinze por cento) para a Federação Nacional dos Farmacêuticos;
20% (vinte por cento) para a Conta Especial Emprego e Salário, do Governo;
60% (sessenta por cento) para o Sindicato dos Farmacêuticos de Mato Grosso, para o custeio das ações.
 
RocketTheme Joomla Templates